United Nations Development Programme (UNDP)

Assistente De Comunicação E Administrativo

United Nations Development Programme (UNDP)

Job Description

  O projeto BRA/19/012 para Consolidação dos Laboratórios de Inovação e Inteligência no âmbito do Poder Judiciário e fortalecimento das capacidades do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para a produção de pesquisas em temas relacionados à Agenda 2030 tem como objetivo o fortalecimento das capacidades do CNJ para a produção e gestão de dados e pesquisas em temas relacionados à Agenda 2030. Para o alcance desse objetivo, o projeto desenvolve estudos e pesquisas, realiza a capacitação de magistrados e servidores do Judiciário, assim como elabora metodologias quantitativas e qualitativas voltadas à investigação da realidade do atendimento prestado pelo Sistema de Justiça brasileiro em linha com as metas instituídas nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

A concepção do Laboratório de Inovação, Inteligência e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável do CNJ (LIODS/CNJ) partiu da união de três pilares: os laboratórios de inovação, os centros de inteligência e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU. Pode-se dizer que o LIODS/CNJ é um programa inovador no Poder Judiciário brasileiro, uma vez que contribuirá para a melhoria da qualidade da prestação de serviços, com foco no usuário/cidadão. O projeto se divide em quatro eixos principais, são eles:
  1. Conteúdos e metodologia de formação para fomento à implantação de Laboratórios de Inovação, Inteligência e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável do CNJ (LIODS/CNJ) no âmbito do Poder Judiciário desenvolvidos e aplicados em caráter piloto;
  2. Estratégia de consolidação e sustentabilidade da coordenação nacional dos LIODS desenvolvida;
  3. Diagnósticos de temas relacionados às ações judiciais e mecanismos de prevenção ao litígio realizados, de acordo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e a Meta Nacional nº 9 do Poder Judiciário;
  4. Gestão eficiente do projeto realizada.
Contexto específico do cargo: Sob supervisão da coordenação-geral do projeto o Assistente de Comunicação e Administrativo será responsável por prestar apoio administrativo à coordenação do projeto, além de sistematizar e produzir narrativas, textos, imagens e publicações físicas e digitais a partir dos dados levantados durante o projeto, considerando os demais conteúdos que subsidiem a implementação e o monitoramento do projeto BRA/19/012 - Consolidação dos Laboratórios de Inovação e Inteligência no âmbito do Poder Judiciário e fortalecimento das capacidades do CNJ para a produção de pesquisas em temas relacionados à Agenda 2030.

Duties and Responsibilities

O presente Termo de Referência tem por objetivo estabelecer os parâmetros para a seleção de profissional para atuar como Assistente de Comunicação e Administrativo, bem como descrever as atividades que estarão sob a responsabilidade deste profissional.

O Assistente de Comunicação e Administrativo trabalhará sob a orientação e supervisão técnica da Coordenação de Projeto e do Comitê de Acompanhamento do Projeto, e apoiando-os na elaboração de produtos, bem como na leitura, análise crítica e revisão de outros produtos elaborados no âmbito do projeto. Adicionalmente, o Assistente de Comunicação e Administrativo articulará e implementará atividades com os setores envolvidos no processo, e auxiliará a Coordenação nos processos de sensibilização e articulação com tomadores de decisões e outros parceiros.  O suporte prestado por este profissional contribuirá para manter a coordenação do projeto no PNUD e no CNJ atualizadas sobre o progresso do projeto.

O profissional ficará sediado em Brasília, DF no CNJ.

Principais funções:
  • Com base nas orientações da coordenação do projeto, apoiar o mapeamento de demandas e oportunidades de comunicação, sempre que necessário para o desenvolvimento das atividades do projeto ou demandado pelo supervisor designado;
  • Contribuir na elaboração de textos, diagramação e seleção de imagens para divulgação das atividades do projeto;
  • Elaborar conteúdo para disseminação de resultados do projeto, com foco em distintos canais de comunicação (insumos para publicações online, releases para imprensa, material para redes sociais e publicações impressas referentes à divulgação dos principais resultados do projeto);
  • Estar sempre atualizado e ciente das principais atividades do projeto, de modo a atuar de maneira propositiva quanto à identificação de resultados relevantes para divulgação interna e para o público em geral;
  • Produzir textos de publicações em diversos formatos pertinentes à temática do projeto;
  • Realizar monitoramento prospectivo de mídia para fortalecer a narrativa e posicionamento do projeto;
  • Sistematizar boas práticas produzidas no âmbito do projeto, em formato acessível a diferentes públicos;
  • Apoiar ações de fortalecimento das capacidades do Conselho Nacional de Justiça para a produção e gestão de dados e pesquisas em temas relacionados à Agenda 2030, com base em metodologias desenvolvidas pelo PNUD, CNJ e outros órgãos;
  • Monitorar e acompanhar o desenvolvimento de estudos e pesquisas relativos ao Poder Judiciário, à Agenda 2030 e à relação entre ambos;
  • Realizar pesquisas, compilar dados relevantes, elaborar e editar seções de relatórios técnicos, conforme necessário;
  • Auxiliar na sistematização de lições aprendidas na implementação do projeto ao longo de sua execução, quando necessário.
  • Manter-se atualizado sobre os mais recentes desenvolvimentos em áreas temáticas relevantes à relação entre ODS e Poder Judiciário, aproveitando das plataformas existentes para compartilhar esse conhecimento;
  • Apoio à gestão e sistematização do conhecimento do projeto, bem como do seu compartilhamento entre a equipe e o PNUD e o CNJ;
  • Manter arquivos, registros e documentação dos projetos atualizados;
  • Fornecer apoio logístico para a realização de eventos e reuniões;
  • Apoiar a organização de atividades on-line, como webinars, videoconferências, etc;
  • Elaborar correspondências, documentos, realizar a tradução de documentos e pesquisas, conforme solicitado;
  • Apoiar as tarefas administrativas relacionadas com a assinatura e distribuição de correspondências, contratos e outros documentos;
  • Apoiar a equipe do projeto em tarefas administrativas; e
  • Realizar outras tarefas, conforme demanda do supervisor designado.

Competencies

Competências Corporativas:
  • Demonstrar integridade perante modelos e valores éticos da ONU;
  • Promover a visão, missão e objetivos estratégicos do PNUD;
  • Dispor da sensibilidade e adaptabilidade aos valores e diferenças culturais, de gênero, religião, raça, nacionalidade e idade; e
  • Tratar a todos de forma justa e sem favoritismo.
Gerência e Liderança
  • Construir fortes relações com os integrantes do projeto e parceiros do CNJ, seus assessores e atores externos, focando na excelência do desenvolvimento das atividades, em prazo exíguo;
  • Abordagens consistentes de trabalho com energia e positividade, além de atitudes construtivas;
  • Demonstrar abertura para mudanças e habilidade para gerenciar complexidades; e
  • Demonstrar capacidade e abertura para trabalho em equipe e habilidade em resolução de conflitos;
Gerenciamento do Conhecimento e da Aprendizagem
  • Promover a gerência do conhecimento, a cultura do aprendizado e o bom ambiente na equipe por meio da liderança e de exemplo pessoal;
  • Trabalhar continuamente e ativamente para o desenvolvimento do conhecimento pessoal e uma ou mais áreas objeto do termo de referência e aplicar os novos conhecimentos adquiridos.
Efetividade de Desenvolvimento e Operacional
  • Habilidade em organizar e coordenar o planejamento para resultados, monitoramento e avaliações;
  • Demonstrar boas habilidades conceituais e analíticas;
  • Demonstrar excepcionais habilidades de comunicação, oral e escrita.
Julgamento/tomada de decisão
  • Demonstrar amadurecimento e iniciativa de julgamento;
  • Forte capacidade de liderança e gestão de conflitos;
  • Habilidade em realizar julgamento independente e discrição em aconselhar sobre o tratamento de questões políticas e desafios importantes;
  • Capacidade de trabalhar em prazos apertados, gerenciar requisitos de multitarefas e um alto grau de pró-atividade e iniciativa;
  • Abordagem prática e orientada para resultados.

Required Skills and Experience

Educação:

  • Diploma universitário, preferencialmente em comunicação social, relações públicas, jornalismo, ciências sociais ou áreas relacionadas.
Experiência:

  • Experiência profissional anterior mínima de três anos em gestão da informação, comunicação e atividades administrativas.
Idioma:

  • Fluência em Português
  • Conhecimentos básicos de inglês
Desejável:

  • Desejável experiência e/ou interesse em assuntos relativos ao Poder Judiciário ou Agenda 2030;
  • Desejável conhecimento básico de fotografia e edição de imagens;
Observe que a pessoa selecionada para esta posição receberá uma oferta de contrato com o PNUD de acordo com sua modalidade National Personnel Services Agreement (N-PSA); a modalidade de Service Contract do PNUD será extinta no próximo ano. Mais informações sobre o N-PSA estão disponíveis aqui. ** PARA VALIDAR SUA CANDIDATURA PREENCHA O FORMULÁRIO P11 (O DOCUMENTO PODE SER APRESENTADO EM PORTUGUÊS), E ENVIE ATRAVÉS DO ÍCONE "UPLOAD CV". *** Importante:

A estação de trabalho pode ser alterada dependento das condições da pandemia no Brasil naquele momento.Podem se candidatar ao processo pessoas de nacionalidade brasileira ou outros legalmente autorizados a trabalhar no Brasil.

Para este cargo, o candidato deve ter inscrição no Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).

Candidaturas:Para terem candidaturas válidas a este processo, os candidatos deverão submeter o formulário P11 do PNUD devidamente preenchido;Apenas as candidaturas cadastradas no site do PNUD (www.pnud.org.br), no link “Oportunidades” - “APPLY NOW”, tendo o formulário P11 do PNUD devidamente preenchido e enviado dentro do prazo, serão examinadas.Não serão emitidos recibos individuais de confirmação da candidatura devido ao volume de candidaturas.O PNUD está empenhado em garantir a diversidade da força de trabalho em termos de nacionalidade, gênero, raça e cultura. Os indivíduos pertencentes a grupos indígenas e pessoas com deficiência são igualmente incentivados a se candidatar. Todas as candidaturas serão tratadas com sigilo.Devido ao grande volume de candidaturas recebidas, apenas os candidatos pré-selecionados serão contatados.

Apply Now